daniel veiga

ator | roteirista | dramaturgo | diretor

SOBRE 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle

Homem trans e preto, Daniel Veiga é ator, roteirista, dramaturgo e diretor teatral. Entre 2019 e 2020 foi artista docente no curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, mesmo curso onde se formou três anos antes.

Em 2020 ganhou o Kikito no Festival de Cinema de Gramado e em 2021 o Araibu no IV Festival de Cinema do Vale do Jaguaribe como Melhor Ator no curta Você Tem Olhos Tristes de Diogo Leite. Ainda em 2020 escreveu o roteiro para a Ocupação Lima Duarte no Itaú Cultural.

Seu projeto TORMENTA foi contemplado em primeiro lugar pelo ProAc Desenvolvimento de Séries e o longa Terra de Sangue ganhou o Prêmio de Novos Roteiros da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e também recebeu um dos prêmios da Lei Aldir Blanc.

Como dramaturgo, acaba de criar a adaptação do romance Nossos Ossos de Marcelino Freire para montagem de Kléber Montanheiro.

Como roteirista, formou-se no ROTEIRARIA e em 2021 integrou a turma do Colaboratório Criativo, iniciativa da AFAR Ventures junto á NETFLIX. Participou do Núcleo de Dramaturgia do SESI de onde sai o texto CAMILO e também do Núcleo de Dramaturgia da Escola Livre de Teatro de Santo André.

Entre 2017 e 2019 foi Orientador do SP Dramaturgias, projeto que amplia a discussão sobre a produção dramatúrgica contemporânea.

 

Se dedicando brevemente à sonoplastia, recebeu o prêmio da categoria em 2015 no XIX Festival de Cenas Curtas de Santos com a cena A História Dela, de sua autoria. Em 2014 levou seu texto Da Mais Bela Que Tive ao palco do Teatro Augusta, um ano depois do mesmo ter recebido Menção Honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte de Literatura. Nesta fase e até 2016 assinava os textos e a direção como Daniele Veiga.

 

Em 2017, no 21º Cultura Inglesa Festival, sob direção de Bruno Perillo integrou o elenco da peça Swallow da escocesa Stef Smith em seu primeiro trabalho assumidamente como homem trans. Em 2018 atua como Oficineiro no curso O Ator Criador e a Dramaturgia Queer no Sesc Ipiranga, além de estrear o texto Antes dos Deuses nas Satyrianas. Um trecho do texto integra o Caderno Dramaturgias II do Sesc Ipiranga.

Em 2021 Daniel participa da série LOV3 (ainda em produção) pela Amazon Prime. Em 2018 fez uma breve participação no elenco da série 3% da Netflix. Também integra o grupo de entrevistados do documentário Um Só Corpo, pela Revista Glamour da Editora Globo. 

Daniel dirigiu ao lado de Amanda Stahl a montagem de B()neca Russa.doc, texto de Marcelo Oriani pelo ProAc.

Atualmente, como roteirista está trabalhando no curta Uma Paixão no Deserto, inspirado num conto de Balzac, na sala de roteiro do seriado DIVA! e no desenvolvimento do piloto da série Êxtase, de Leo Moreira Sá.

Daniel Veiga 5.jpeg

PRINCIPAIS EXPERIÊNCIAS

ARTISTA DOCENTE SP ESCOLA DE TEATRO
2019 - 

A convite de Marici Salomão, desde 2019 Daniel integra a docência do Curso Regular de Dramaturgia dentro da SP Escola de Teatro, ao lado de Márcia Nemer Jentzch. 

Daniel, que se formou dramaturgo por este curso, volta agora à frente da turma do período vespertino, sob coordenação de Salomão.

ORIENTADOR DO SP DRAMATURGIAS
2017 - 2019

O projeto SP Dramaturgias reúne aprendizes e interessados da SP Escola de Teatro semanalmente a cada semestre. Nele, os participantes fazem análise de renomados textos ampliando seu olhar critico e reflexivo sobre a produção dramatúrgica mundial. Durante o projeto os participantes também fazem leituras dramáticas de textos contemporâneos, abrindo este processo ao público.

CURSO O ATOR CRIADOR E A DRAMATURGIA QUEER
2018

O curso, criado por Daniel com o dramaturgo e diretor Lucas Vanatt, trabalha a elucidação dos processos analíticos de dramaturgia e procedimentos de dramaturgismo no trabalho de textos teatrais contemporâneos que tratam de questões do universo LGBTQIA+. O curso aconteceu em setembro de 2018 a convite do Sesc Ipiranga.

ORGANIZAÇÃO OUVI CONTAR e DRAMAS PARALELOS
2015

Em 2015 Veiga organizou os projetos OUVI CONTAR e DRAMAS PARALELOS dentro das SATYRIANAS sob curadoria de Marici Salomão. Os DRAMAS PARALELOS também são voltados para leituras dramáticas, porém com duração menor e voltados exclusivamente para os aprendizes do curso de dramaturgia da SP Escola de Teatro.

DIREÇÃO GERAL DA CIA DITHYRAMBOS
2009 - 2016 

Os DITHYRAMBOS atuaram por 7 anos em espaços como Parque da Juventude, Espaço Cultural Oficina, Teatro Augusta e Espaço Parlapatões. Os principais trabalhos contaram com dramaturgia e direção de Veiga (TRINTA DE JULHO, DA MAIS BELA QUE TIVE e ANGELA BONECA), além da leitura dramática de TERRA QUEBRADA na Cia da Revista de Kléber Montanheiro pelo projeto RUBRICAS.

MENÇÃO HONROSA
2012 

O texto DA MAIS BELA QUE TIVE levou Menção Honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte - ed 2012. Em 2014 o texto foi montado pelos Dithyrambos e ficou em cartaz no Teatro Augusta.

. ÊXTASE (Série, 2020) - Criação e Argumento de Leo Moreira Sá

. TORMENTA (Série, 2020) - Projeto contemplado pelo ProAc Desenvolvimento de Séries em primeiro lugar.

. TERRA DE SANGUE (Longa-Metragem, 2020) - Roteiro vencedor do Prêmio Novos Roteiros da OEI em parceria com ICAB e

vencedor do Módulo Antônio Bivar pela Lei Aldir Blanc.

. CAMILO (Dramaturgia, 2019) - Produzido no Núcleo de Dramaturgia do SESI, teve leitura aberta dirigida por Naruna Costa.

 

. ANTES DOS DEUSES (Dramaturgia, 2018) - Leitura aberta ao público nas Satyrianas (DramaMix) e texto de entrada para o

Núcleo de Dramaturgia do Sesi.

. TERRA QUEBRADA (Dramaturgia, 2016) - Leitura aberta ao público nas Satyrianas 2016 e no projeto Rubricas

pela Cia da Revista de Kléber Montanheiro.

. ANGELA BONECA (Dramaturgia, 2015) - Montagem no Bar Drosóphila Madame Lili em 2015 e no Espaço Parlapatões em 2016.

. DA MAIS BELA QUE TIVE (Dramaturgia, 2012) - Menção honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte em 2013.

Montagem no Teatro Augusta em 2014. Montagem nas Satyrianas 2014.

. TRINTA DE JULHO (Dramaturgia, 2010) - Montagem no Parque da Juventude em 2010.

Montagem no Espaço Cultural Oficina em 2013 e 2014.

DRAMATURGIA e ROTEIROS

TRABALHOS | dramaturgia/roteiro, atuação e direção

Kikito 2020 Melhor Ator em Curta
Critica Você Tem Olhos Tristes
Filmagens Curta Diogo Leite
Filmagens Curta Diogo Leite
Turma Dramaturgia_SP Escola_2020
O Ator Criador e a Dramaturgia Queer
Documentário Um Só Corpo
Antes dos deuses
Antes dos deuses
Antes dos deuses
Antes dos deuses
Antes dos deuses
Antes dos deuses
Swallow de Stef Smith
Swallow de Stef Smith
Swallow de Stef Smith
SP DRAMATURGIAS
SP DRAMATURGIAS
SP DRAMATURGIAS
ONDE TUDO FICA
ONDE TUDO FICA
ANGELA BONECA
ANGELA BONECA
ANGELA BONECA
TERRA QUEBRADA
TERRA QUEBRADA
TERRA QUEBRADA
DA MAIS BELA QUE TIVE
DA MAIS BELA QUE TIVE
DA MAIS BELA QUE TIVE
ANGELA BONECA (2014)
FRUTA QUE O VENTO SUGA_dramaturgia
FRUTA QUE O VENTO SUGA_dramaturgia
PARTIDA_dramaturgia
PARTIDA_dramaturgia
TRINTA DE JULHO
TRINTA DE JULHO
TRINTA DE JULHO

QUICK ID

Fone | Whats

Email

Website

FALE COMIGO

Seus detalhes foram enviados com sucesso!